MAIOR CONFIANÇA DO EMPRESÁRIO DO COMÉRCIO FOI EM CONTRATAÇÕES Featured

11 Dezembro 2017 Written by 
Published in Fecomercio

 Resultado de imagem para contratação

Pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens Serviços e Turismo em parceria com a FECOMERCIO-PI com 135 Empresas do setor Comércio de Teresina. O levantamento é apresentado em pontos e em percentual. Os pontos variam de Zero a 200, sendo zero total Pessimismo e 200 último grau de otimismo. O valor 100 pontos é o limite entre o pessimismo e otimismo.

A Pesquisa  do mês de Novembro/2017 que mede o grau de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC ) de Teresina foi de 124,1 pontos,  apresentando  um aumento de 3,94%  sobre o levantamento realizado  no mesmo  mês do ano passado quando aquele atingiu 119,4 pontos. Já na comparação com o mês passado houve uma variação de 10,12%. Esse foi o melhor novembro desde 2014 quando atingiu 143,8 pontos.

Neste contexto, os empresários que  empregam mais de 50 pessoas, os representantes das maiores empresas, a Confiança foi  de 161,8 pontos,  apresentando um crescimento de 20,39% na comparação com a pesquisa do mesmo mês do ano anterior. Os Empresários do ramo de duráveis avaliaram o setor em 120,0 pontos , enquanto os que labutam no segmento de vestuário e calçados alcançaram o otimismo de 142,9 pontos.

empresario

Fonte: Pesquisa Direta CNC

Elaboração: Instituto FECOMERCIO de Pesquisa e Desenvolvimento

O levantamento é composto por três partes: o momento atual, a expectativa para os 6 próximos meses e os Investimentos.

MOMENTO ATUAL DO EMPRESÁRIO DO COMÉRCIO.

Analisando a pesquisa sob o ponto de vista Atual nota – se uma ligeira tendência para alcançar uma otimização.  O  índice sobre a  Condição atual da Economia atingiu 94,0 pontos caracterizando  pessimismo.  O setor Comércio foi bem avaliado  pelos Empresários, chegando a 98,5 pontos, bem próximo ao limite entre o pessimismo e otimismo.  O resultado mostra que os Empresários estão um pouco mais satisfeitos com a avaliação  de suas próprias Empresas que chegou a 110,3 pontos.

Quando o Empresário resolve  investir em poupança ou outro tipo de aplicação financeira em detrimento das aplicações em atividades produtivas é porque a Confiança está baixa. Foi o que aconteceu em Teresina nos anos de 2014 a 2016 em que os Empresários não encontraram cenário próprio para continuar com as atividades Comerciais. Neste mês de novembro de 2017 com os índices de baixa inflação, baixa taxa de juros e aumento nas vendas, bem como resultados positivos nos empregos o Empresário do Comércio voltou a investir nas lojas.

 

 ÍNDICE DE EXPECTATIVAS DOS EMPRESÁRIOS DO COMERCIO (IEEC ).

Para a FECOMERCIO-PI este Índice representa  a confiança do Empresário do Comércio  numa previsão  para os próximos 6 meses.  O Índice deste período foi de 161,3 pontos.  Ele é formado pela Expectativa da Economia Brasileira com 153,3 pontos, pela Expectativa do setor Comércio com 162,3 pontos e pela Expectativa das Empresas Comerciais com 168,5 pontos.

INVESTIMENTOS

O Índice de Confiança das Contratações de Empregados, no mês de novembro,  foi de 124,1 pontos com aumento de 10,12% ante o mês de outubro. A sondagem revelou ainda que 13,1% dos Empresários teresinenses tem intenção de aumentar muito o número de Empregados, neste mês, porém, 55,9% desejam aumentar, mas em número reduzido. Por grupos de atividades, 81,0% dos empresários dos  ramos de vestuários e uniformas desejam aumentar pouco o número de empregados, enquanto  33,3% das lojas de duráveis sugerem reduzir pouco o quadro de empregos.

ESTOQUES

Segundo o resultado da Pesquisa, as Empresas do Comércio de Teresina  que  apresentaram maior quociente de vendas foram as que empregam mais de 50 pessoas, uma vez que praticamente zeraram os seus estoques . Por outro lado, os Empresários  menores, os  que empregam até 50 funcionários, 19,8% deles disseram  que os  estoques de mercadorias de suas Empresas estão acima do adequado,  mostrando que  elas precisam  aumentar mais as vendas.

  Já os Empresários do setor de Duráveis como Ar condicionado, geladeira, fogão, TV e outros, apenas  17,6% das suas lojas estão com estoques elevados, entretanto, 71,3% desta classe, disseram que estão com estoques adequados. É interessante observar que os bens de maior valor tipo automóveis, os comerciantes do ramo já estão conseguindo passar para frente, diferente de 2014 e 2015 em os estoques estavam muito altos. Pelas expectativas da FECOMERCIO, segundo o seu Presidente Valdeci Cavalcante, o mês de dezembro será muito bom para o ramo de duráveis. 

Read 47329 times Last modified on Segunda, 11 Dezembro 2017 11:35
Rate this item
(0 votes)

Endereço

Endereço:
Av. Campos Sales, 1111, Centro/Norte, Teresina, PI  
Tel:
(086) 3222-5634
Website:
www.fecomercio-pi.org.br
Email:
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Quem Somos

O Sistema Fecomercio do Estado do Piauí é a força do Comercio de Bens, dos Serviços e do Turismo nas lutas pelo desenvolvimento do setor terciário e, conseqüentemente, do Estado.

JoomShaper