Divulgados resultados do PIB dos municípios do Piauí Featured

17 Dezembro 2018 Written by 
Published in Fecomercio

luc777

 

                CONCENTRAÇÃO DO PIB NO PIAUÍ

            Pelos resultados observados na pesquisa, percebe-se uma concentração expressiva do PIB em poucos municípios. Assim, os dez municípios com maiores PIB do estado do Piauí em 2016 concentravam juntos 64,64% daquele valor, possuindo cerca de 41,46% da população do estado. No sentido inverso os restantes 35,36% do PIB do Piauí estão nos demais 214 municípios do estado. Somente Teresina concentrava 46,25% do PIB, seguido de Parnaíba com 4,64%, Picos com 3,38%, Floriano com 2,46%, Uruçuí com 1,87%, Piripiri com 1,55%, Campo Maior com 1,27%, Bom Jesus com 1,24%, Guadalupe com 1,04% e São Raimundo Nonato com 0,94%.

            Gráfico da Concentração do PIB no Piauí - 10 maiores PIB municipais - 2016

luiz1

      Fonte: IBGE, em parceria com a Fundação CEPRO

                        Analisando-se os números do PIB municipal numa perspectiva de longo prazo, a partir de 2002, percebemos uma tendência de desconcentração do valor do PIB na capital, Teresina, que detinha 49,44% do PIB em 2002 e 46,25% em 2016, uma redução de 3,19 pontos percentuais, apesar de que neste último ano do levantamento tenha recuperado 1,2 ponto percentual.

       Participação relativa do PIB do município em comparação ao total do Estado do Piauí

 

luc2

 

CONCENTRAÇÃO DO PIB NO PIAUÍ

            Pelos resultados observados na pesquisa, percebe-se uma concentração expressiva do PIB em poucos municípios. Assim, os dez municípios com maiores PIB do estado do Piauí em 2016 concentravam juntos 64,64% daquele valor, possuindo cerca de 41,46% da população do estado. No sentido inverso os restantes 35,36% do PIB do Piauí estão nos demais 214 municípios do estado. Somente Teresina concentrava 46,25% do PIB, seguido de Parnaíba com 4,64%, Picos com 3,38%, Floriano com 2,46%, Uruçuí com 1,87%, Piripiri com 1,55%, Campo Maior com 1,27%, Bom Jesus com 1,24%, Guadalupe com 1,04% e São Raimundo Nonato com 0,94%.

Gráfico da Concentração do PIB no Piauí - 10 maiores PIB municipais - 2016

luc4

                  Fonte: IBGE, em parceria com a Fundação CEPRO

                        Analisando-se os números do PIB municipal numa perspectiva de longo prazo, a partir de 2002, percebemos uma tendência de desconcentração do valor do PIB na capital, Teresina, que detinha 49,44% do PIB em 2002 e 46,25% em 2016, uma redução de 3,19 pontos percentuais, apesar de que neste último ano do levantamento tenha recuperado 1,2 ponto percentual.

Participação relativa do PIB do município em comparação ao total do Estado do Piauí 

luc5

 

luc3

 

PRINCIPAIS RESULTADOS DO PIB DOS MUNICÍPIOS NO PIAUÍ – 2016

            Nesta sexta-feira, 14/12, o IBGE, em parceria com a Fundação CEPRO, divulgaram os resultados do Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios do Piauí referente ao ano de 2016.

            MAIORES PIBs MUNICIPAIS NO PIAUÍ

            O município com o maior PIB do Piauí em 2016 foi Teresina, com R$ 19,14 bilhões, tendo apresentado um crescimento de 8,58% em relação ao PIB de 2015. Em seguida vieram Parnaíba, com R$ 1,92 bilhão (crescimento de 6,93%), e Picos, com R$ 1,39 bilhão (crescimento de 13,24%).

            Dentre os municípios com os dez maiores PIB em 2016, merecem destaque algumas variações ocorridas em relação ao PIB de 2015:

            - Os municípios de Uruçuí e Bom Jesus apresentaram queda do PIB de, respectivamente, 24,37% e de 20,36%, motivado principalmente por causa da seca que afetou a produção de grãos em 2016;

- O município de Guadalupe apresentou significativo crescimento do PIB da ordem de 68,74%;

luc1234

Fonte: IBGE, em parceria com a Fundação CEPRO

 

 

Dez maiores PIBs municipais do Piauí em 2016

 

                CONCENTRAÇÃO DO PIB NO PIAUÍ

            Pelos resultados observados na pesquisa, percebe-se uma concentração expressiva do PIB em poucos municípios. Assim, os dez municípios com maiores PIB do estado do Piauí em 2016 concentravam juntos 64,64% daquele valor, possuindo cerca de 41,46% da população do estado. No sentido inverso os restantes 35,36% do PIB do Piauí estão nos demais 214 municípios do estado. Somente Teresina concentrava 46,25% do PIB, seguido de Parnaíba com 4,64%, Picos com 3,38%, Floriano com 2,46%, Uruçuí com 1,87%, Piripiri com 1,55%, Campo Maior com 1,27%, Bom Jesus com 1,24%, Guadalupe com 1,04% e São Raimundo Nonato com 0,94%.

            Gráfico da Concentração do PIB no Piauí - 10 maiores PIB municipais - 2016

luc100

 

Fonte: IBGE, em parceria com a Fundação CEPRO

                        Analisando-se os números do PIB municipal numa perspectiva de longo prazo, a partir de 2002, percebemos uma tendência de desconcentração do valor do PIB na capital, Teresina, que detinha 49,44% do PIB em 2002 e 46,25% em 2016, uma redução de 3,19 pontos percentuais, apesar de que neste último ano do levantamento tenha recuperado 1,2 ponto percentual.

        Participação relativa do PIB do município em comparação ao total do Estado do Piauí 

luc200

FENÔMENO DA SECA PROVOCA QUEDA NO PIB DOS MUNICÍPIOS

            Em 2016 o fenômeno climático da seca assolou o estado do Piauí e prejudicou sobremaneira os municípios do cerrado piauiense, que sofreram queda expressiva em sua produção e, consequentemente, no PIB dos mesmos. A tabela abaixo apresenta os municípios que apresentaram as maiores quedas no PIB do estado naquele ano.

    Municípios com maior queda no PIB em 2016

luc300

           Fonte: IBGE, em parceria com a Fundação CEPRO

            DOS 100 MENORES PIBs MUNICIPAIS  DO BRASIL 31 DELES ESTÃO NO PIAUÍ

                A pesquisa apontou que dos 100 menores PIBs do Brasil 31 deles estão no Piauí, inclusive os dois menores do país, que são dos municípios de Miguel Leão, com um PIB de R$ 11,67 milhões, e o de Santo Antônio dos Milagres, com um PIB de R$ 13,34 milhões.

            Miguel Leão e Santo Antônio dos Milagres têm como destaque na composição de seu PIB o grande peso da administração, defesa, educação e saúde públicas, bem como seguridade social, com respectivamente 68,04% e 77,37% de participação no total de seu PIB municipal.

10 menores PIBs municipais no Piauí em 2016

luc500

PIB DE TERESINA EM RELAÇÃO AO BRASIL E À REGIÃO NORDESTE  

            Em 2016 o  maior PIB municipal no Brasil foi o de São Paulo, com R$ 687,0 bilhões, seguido do Rio de Janeiro, com R$ 329,0 bilhões, representando, respectivamente, 10,96% e 5,26% do PIB do país. Nesse contexto, o PIB de Teresina, da ordem de R$ 19,14 bilhões, foi o 43o. maior do Brasil, representando cerca de 0,31% do PIB do país.

            Em termos da região Nordeste o município com o maior PIB foi Salvaldor, com R$ 61,10 bilhões, seguido de Fortaleza, com R$ 60,14 bilhões, representando, respectivamente, 6,80% e 6,70% do PIB regional. Por sua vez, Teresina apresentou o 8o. maior PIB do Nordeste, com 2,13% do PIB da região, ficando inclusive à frente de outras capitais como João Pessoa e Aracaju.

            Em termos de atividade econômica, o PIB de Teresina tem seu maior destaque na área de serviços, principalmente educação e saúde, que representa 61,59% do PIB do município. Em seguida vem a área da administração, educação e saúde públicas, bem como seguridade social, com 20,87% do PIB do município. A indústria representa 17,25% do PIB de Teresina e a agropecuária 0,28%.

 

 

 

                PIB PERCAPITA DOS MUNICÍPIOS DO PIAUÍ

            No Brasil em 2016 o município com o maior PIB percapita foi Paulínia(SP), com R$ 314.637,69, cuja economia  é baseada no refino de petróleo. Dentre as capitais brasileiras Brasília foi a que apresentou o maior PIB percapita, com R$ 79.099,77. Por sua vez Teresina, com R$ 22.597,68, foi o 22o. maior PIB percapita do Brasil, dentre as capitais das unidades da federação.

            O maior PIB percapita do Piauí foi o do município de Guadalupe, com R$ 41.553,97, cuja economia tem sua força baseada principalmente na geração de energia elétrica em razão da instalação da Usina de Boa Esperança. Em segundo lugar vem o município de Uruçuí, com um PIB percapita de R$ 36.777,46, onde o setor de destaque é a indústria de transformação da soja e do algodão. A capital do estado, Teresina, com um PIB percapita de R$ 22.597,68, ocupa a terceira colocação. O menor PIB percapita no Piauí é o do município de Fartura do Piauí, com R$ 5.104,44, tendo como atividade econômica de maior peso em sua economia a administração, educação e saúde públicas, bem como a seguridade social.

            Merece ser destacado que com o fenômeno climático da seca em 2016, os municípios da região do cerrado piauiense foram bastante afetados, tendo uma redução expressiva da produção de grãos, o que repercutiu, portanto, na queda do PIB percapita dos mesmos, onde destacamos o município de Baixa Grande do Ribeiro, que em 2015 apresentou o maior PIB percapita do Piauí, com R$ 49.896,72, o qual reduziu-se em 2016 para R$ 21.051,99

Dez maiores PIBs percapita no Piauí - 2016

luc600

 

 

            

Read 6581 times
Rate this item
(0 votes)

Endereço

Endereço:
Av. Campos Sales, 1111, Centro/Norte, Teresina, PI  
Tel:
(086) 3222-5634
Website:
www.fecomercio-pi.org.br
Email:
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Quem Somos

O Sistema Fecomercio do Estado do Piauí é a força do Comercio de Bens, dos Serviços e do Turismo nas lutas pelo desenvolvimento do setor terciário e, conseqüentemente, do Estado.

JoomShaper