RECEITAS SOBRE O SETOR TURÍSTICO CRESCE 8,2% EM NOVEMBRO Featured

21 Janeiro 2019 Written by 
Published in Fecomercio

tendencias turismo

Dados da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE mostram que houve um recuo de 4,9% no Volume de Serviços no mês de novembro de 2018 ante novembro do ano anterior.

serviços

Fonte: IBGE

Elaboração: Instituto Fecomércio de Pesquisa e Desenvolvimento - IFPD

Já no acumulado de janeiro a novembro do mesmo ano o Volume de Serviços no Piauí registrou variação de -2,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

 O IBGE mede também a Receita Nominal proveniente das vendas dos serviços e neste mês de novembro este índice ficou em -1,9% comparado ao mesmo mês do ano anterior.

A Pesquisa sobre Serviços abrange os Serviços Prestados às Famílias; Serviços de Informação e Comunicação; Serviços Profissionais, Administrativos e Complementares; Transportes, Serviços Auxiliares aos Transportes e Correio; Outros Serviços.

 É importante ressaltar que um dos itens que mais cresceu no segmento de serviços foi o volume das atividades turísticas que registrou uma variação de 3,5% na comparação com novembro do ano passado, mostrando que apesar das eleições locais os piauienses tiveram uma movimentação turística razoável por causa, principalmente, das taxas baixas da inflação e juros mais acessíveis. As receitas sobre turismo cresceram 8,2% também em novembro na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

 Maior poder aquisitivo da população, bem como baixas taxas de juros foram os principais motivos pelos quais os consumidores passassem a procurar mais as comidas fora de casa e as mulheres voltassem aos salões de beleza, um dos segmentos que têm boa fatia do faturam do setor serviços.

Outro setor que voltou a melhorar a demanda foi o de Transporte Rodoviário de Cargas que é responsável pela entrada dos produtos fabricados fora do Piauí, uma vez que na crise   o Comerciante tinha muita dúvida na hora de pedir a mercadoria  por causa do risco da venda.

Com a moeda mais valorizada o setor de serviços vem ganhando força no segmento que depende de produtos importados. É o caso dos transportes de Aviões e Navios.

A maior queda no volume de Serviços Profissionais, Administrativos e Complementares verificou-se nos serviços técnicos-profissionais de arquitetura e engenharia.

Dessa forma, pelos dados divulgados pelo IBGE, pode-se garantir que está havendo menos influência nos serviços demandados pelas Empresas do que os Serviços procurados pelos trabalhadores.

Registra-se,  entretanto,  que o setor Serviços ocupa a primeira classificação na composição do PIB, bem como o segmento que mais emprega no Estado.

Read 8365 times
Rate this item
(0 votes)

Endereço

Endereço:
Av. Campos Sales, 1111, Centro/Norte, Teresina, PI  
Tel:
(086) 3222-5634
Website:
www.fecomercio-pi.org.br
Email:
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Quem Somos

O Sistema Fecomercio do Estado do Piauí é a força do Comercio de Bens, dos Serviços e do Turismo nas lutas pelo desenvolvimento do setor terciário e, conseqüentemente, do Estado.

JoomShaper