Itaú Unibanco declara guerra à XP e assusta mercado de agentes autônomos

25 Junho 2020 Written by 
Published in Sesc Senac

itau

O Itaú Unibanco provocou a ira da XP, com uma campanha em horário nobre na TV aberta. O banco criticou os agentes autônomos e a remuneração comissionada. Para o Itaú Unibanco, esse formato de remuneração traria o incentivo de que esse agente indique ao seu cliente um produto com a melhor remuneração para ele, e não necessariamente para o cliente. 

Na XP estão acoplados hoje mais de 6 mil AAIs – os agentes autônomos de investimento.

A matéria informa que “na peça publicitária do Itaú, o ator Marcos Veras diz que a moda de 2019 era ter uma corretora e um assessor de investimentos. Ele sugere que os profissionais autônomos induzem o cliente a investir em produtos sem saber dos riscos, os fazendo se sentir “reis de Wall Street”, e que a crise que atravessamos agora mostra o perigo disso. O comercial, criado pela DPZ&T, produção da 02 Filmes e direção de Fernando Meirelles, reforça que os especialistas do Itaú Personnalité – o braço de renda mais alta do banco – são isentos.”

Ainda segundo o jornal, “há algumas semanas, o alto-escalão da XP já sabia sobre a propaganda que vinha sendo elaborada pelo Itaú. Mas o tom de seu principal acionista os pegou de surpresa, conforme fontes próxima à XP. Nesta quarta-feira, 24, o fundador e presidente da companhia, Guilherme Benchimol, subiu o tom em publicação em sua conta no Linkedin. “Tenho uma certeza: se tem algo que o banco não é, nem nunca foi, é ser feito para você”, em clara alusão ao famoso slogan do Itaú.”

Fonte: Brasil 247 – Foto: Reprodução

Read 79 times Last modified on Quinta, 25 Junho 2020 19:56
Rate this item
(0 votes)

Endereço

Endereço:
Av. Campos Sales, 1111, Centro/Norte, Teresina, PI  
Tel:
(086) 3222-5634
Website:
www.fecomercio-pi.org.br
Email:
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Quem Somos

O Sistema Fecomercio do Estado do Piauí é a força do Comercio de Bens, dos Serviços e do Turismo nas lutas pelo desenvolvimento do setor terciário e, conseqüentemente, do Estado.

JoomShaper